Ata de 24 de Março de 2012

24/03/2012

Convocada para as 10:30 a Assembleia dos proprietários do Jardins de Petrópolis  teve início às 10:50. Inicialmente foi distribuído aos presentes, texto contendo os itens de pauta e o demonstrativo financeiro referentes ao período de abril de 2011 a fevereiro de 2012. O atual presidente da Associação Pedro Serpa iniciou a assembleia agradecendo aos integrantes do Conselho Gestor e Fiscal da atual gestão que está terminando seu mandato e relacionou os nomes dos proprietários que se candidataram ao próximo mandato. Apresentou então uma síntese dos trabalhos realizados no último ano e teceu comentários sobre os mesmos, como os contatos mantidos com os órgão da Prefeitura de Nova Lima. Fez um retrospecto histórico da criação da Associação pelo empreendedor do bairro, destacando os objetivos desta criação e de sua relação com a Prefeitura, tal como concebida originalmente, bem como da evolução, ocorrida desde então. Ao enumerar as atividades realizadas pela gestão atual, detalhou contatos realizados com as autoridades de Nova Lima, através dos quais foi possível encontrar respostas sobre a alteração do arruamento do Jardins de Petrópolis.  Sobre este assunto havia sido cogitado anteriormente a diminuição do tamanho dos lotes, o que preocupou os proprietários dos Jardins, na verdade ficou-se sabendo que tal medida só poderia ser encaminhada pelo empreendedor do bairro, caso ele ainda possuísse um grande número de lotes, o que não corresponde a realidade atual. Lembrou que a pavimentação das ruas do bairro é de responsabilidade da Prefeitura de Nova Lima, assim como as demais melhorias em sua infra-estrutura, cabendo à Associação as solicitações e o acompanhamento de ações sobre sua realização. Disse que a compreensão destas responsabilidades, só faz reforçar a função de cobrança e permanente estado de vigília quanto ao andamento das ações do poder público no bairro. Sobre a questão de colocação da banda larga nos JP, informou que verificou-se que a Oi considera não haver vantagens financeiras para sua instalação no bairro, devido as distancias e o pequeno número de usuários. Vilaça detalhou então, como se deram os contatos. Pedro informou a seguir que o cabeamento da CEMIG-TELECON, que dizem passará dentro do bairro, é dirigido a grandes usuários sendo necessário um intenso trabalho no sentido de buscar a inclusão dos Jardins neste projeto. Ivan informou que também este investimento seria muito caro. Giovani sugeriu então a criação de um grupo que ficaria responsável pelo acompanhamento deste processo. Gilson apontou este tema como um item que deve ser discutido em uma próxima assembléia. Pedro continuou apresentando o relato das atividades do ano que passou e falou sobre a festa julhina, cujo resultado foi um grande sucesso e que se espera que esta continue tendo resultados positivos como aquela do ano que passou. Disse a seguir que a Brigada de incêndio coordenada pelo Gilson já adquiriu alguns materiais e que a utilização da moto facilitou muito o acesso a locais de maior dificuldade. Gilson solicitou que houvesse divulgação da brigada e da oferta de presentes aos participantes que se inscreverem para os treinados. Cristina informou que o número necessário de brigadistas, segundo o Corpo de Bombeiros,  deve ser para a realidade dos JP, de 20 pessoas. Pedro deu os parabéns aos brigadistas que, segundo ele, trabalharam muito bem neste ano que passou. Lembrou que houve muitas notificações feitas por eles de atitudes perigosas assumidas por moradores e caseiros, e que estas notificações tem caráter educativo. A seguir foi relatado a Confraternização de final de ano ocorrida no Restaurante Bendito é o Fruto, avaliada pelos participantes como muito positiva, possibilitando maior proximidade entre os participantes. Disse que na verdade pensa que o espaço da sede é que deveria ser mais utilizado para tais eventos. Cristina pede que quando se decidir por uma ação nas Assembleias seja também estipulado um prazo para o sua execução. Pedro lembrou aspectos da história da Associação, que explicam estes atrasos nas execuções das decisões tomadas nas Assembleias. A confraternização com funcionários e diretoria foi a atividade realizada e apresentada a seguir. O Seminário sobre o estatuto e o regimento internos ocorrido, segundo o Síndico, mostrou a importância de estes documentos serem sempre consultados para que, com sua obediência, fique facilitada a convivência de proprietários e moradores dos JP. Relembrou os contatos feitos com o Secretário dos Transportes e Segurança que informaram da impossibilidade da circulação de ônibus pelo bairro, enquanto as vias não forem melhoradas. Descreveu também os contatos mantidos com a SUPRAM. Roney pediu esclarecimentos sobre a verba destinada aos JP que está associada ao nome do vereador Zuca. Pedro informou que este dinheiro será usado para acelerar o calçamento do bairro, possibilitando a abertura de novas frentes de trabalho. Ciça interrompeu a discussão e pediu que nas portarias fosse incluído a solicitação do CPF e do nome completo dos visitantes do bairro. Disse que se sente insegura com a forma como controle da entrada de pessoas no bairro vem sendo feito. Pedro disse que não há como, legalmente, obrigar o transeunte a mostrar estes documentos. Mas disse que este tema será um dos itens a ser discutido numa próxima assembléia. Sávio sugeriu que todos os temas são importantes de serem discutidos e que por isso é necessário que seja aumentada a ocorrência do número de plenárias durante o ano. Sugeriu-se então que quando os temas demandados estiverem em número de quatro, deverá então ser convocado uma nova assembléia. Foi apresentado então pelo Pedro o demonstrativo financeiro 2011-2012, cujo relato escrito já havia sido distribuído aos presentes no início da assembleia. Este depois de discutido, foi aprovado por unanimidade pelos presentes. O processo de calçamento já realizado foi a seguir discutido, bem como os próximos passos a serem empreendidos. Houve então a sugestão de uma nova assembleia para daqui a um mês para discutir as demandas mais urgentes e que se incluísse nesta assembleia, a sinalização de velocidade permitida nas ruas do bairro. Depois de várias discussões sobre a forma de utilização do dinheiro (um milhão e quinhentos mil) destinados ao bairro, Ivan lembrou que ainda é necessário saber como de fato este dinheiro pode ser gasto, em que rubrica o mesmo está colocado. A eleição dos novos conselheiros foi o próximo ponto de pauta. Foram então apresentados os candidatos:

Conselho Gestor

  • Pedro Serpa (síndico)
  • Roberto Rates (subsíndico)
  • Dalma Veiga
  • Edymar von Randow
  • Fábio Solca
  • Giovani Davi
  • Ivan Correa de Souza
  • Maria Teresa Rodrigues
  • Wanessa Sanches

Conselho Fiscal

  • J.F.Vilaça,
  • Ronaldo Mafra
  • Alexsandro Keller

Colocados em votação os nomes apresentados e sua posição nos conselhos, estes receberam unanimidade de aprovação dos presentes. Pedro apresentou então a proposta de criação de Conselho Consultivo a atuar nas seguintes áreas:

SÓCIO CULTURAL

  • Gestor: Dalma Veiga

Conselheiros:

  • Silvéria Rodrigues Ferreira
  • Maristela Rolla Guimarães
  • Maria Tereza Rabelo Barreto
  • Maria Cecília Pederzoli Leite Soares
  • Beatriz Dantas
  • Cíntia Mara Campolina Guerra
  • Cristina Pinto Cunha
  • Adriana Perrela Matos
  • Eymard Moraes Brandão
  • Ronaldo  Fraga
  • Ronaldo Mafra
  • Aílton Alves Gobira
  • Fábio Brito
  • Luiz Eduardo Moreira Seara
  • Ana Cristina Brandão
  • Márcia Cobra
  • Cristina Rabelo

Núcleo de Saúde

  • José Maurício Soares
  • Ricardo de Menezes  Macedo
  • Ana Paulo CoutinhoBello
  • Jorge Miguel Schestinno
  • Valéria Maria Baeta Morais
  • Mohammed Behan Talebipour
  • Márcio Hamaceck Dias
  • José Sebastião Menezes Fernandes

COMUNICAÇÃO E IMPRENSA

  • Gestor : Edymar von Randow

Conselheiros:

  • Antônio Augusto
  • Maria Cecíilia Pederzoli Leite Soares
  • Silvéria Rodrigues Ferreira

INSTITUCIONAL

  • Gestor : Ivan Correa de Souza

Conselheiros:

  • Maristela Rolla Guimarães
  • Adauto Melo Monteiro

MEIO AMBIENTE

  • Gestor: Giovani  Davi   Silva

Conselheiros:

  • Vinício  Antônio Pereira
  • Vânia Lúcia Borel de Souza
  • Aílton Alves Gobira
  • Cíntia Mara Campolina Guerra
  • Roberto Feio
  • Morena S.T Santos Sommertatt
  • Maurício Moller de Oliveira
  • Fábio Brito
  • Mauro Carvalho
  • Gilson Miranda de Oliveira
  • Alison José Coutinho

TELECOMUNIÇAÇÕES

  • Gestor: Fabio Solca

Conselheiros:

  • Walter Colares dosSantos
  • Gilson Miranda de Oliveira

URBANIZAÇÃO / OBRAS

  • Gestor: Roberto Rates Soares

Conselheiros:

  • Lígia Maria Amaral
  • Hildan de Godói
  • Eduardo Castanheira
  • Roberto Lott
  • Patrícia Fiuza Chaves
  • Achel Bracks
  • Antônio Proença
  • Domingos Sávio de Araújo

JURÍDICO

  • Gestor: Wanessa Rezende Vargas Sanches

Conselheiros:

  • Wanderley Damasceno de Azevedo
  • Luciana Campos
  • Nívia Dalva Rezende Vargas Sanches
  • Lívia Ornelas Campos de Melo

ADMINISTRAÇÃO

  • Gestor: Maria Tereza Rodrigues

Conselheiros:

  • ReginaCoeli Falconi
  • Cristina Pinto Cunha
  • Luiz Eduardo Moreira Seara
  • Ana Cristina Brandão
  • Dario Carlos da Paz Lemos

FINANCEIRO

  • Gestor: Pedro Costa Serpa

Conselheiros:

  • Rogéria Rodrigues Ferreira
  • ReginaCoeli Falconi
  • Vania Lucia Borel de Souza

.Antes de dar por encerrada a assembleia, Cristina Cunha pediu a palavra para elogiar o trabalho da atual diretoria e em especial das funcionárias da sede. Pediu desculpas pela forma com que tem tratado estas funcionárias dizendo que ela se redime da maneira como tem se relacionado com elas, que fizeram um grande trabalho no ano que passou. A assembleia foi então encerrada às 12:40.

Permalink